domingo, 20 de julho de 2008

Atravessando a Rua

Semana passada deixei Thiago atravessar a nossa rua pela primeira vez e confesso não ter sido fácil. Deixá-lo crescer não é tão simples assim, mas eu acredito ter me esforçado para isso desde que ele era bebê. Neste dia precisei de uma ajudazinha extra de Beto, que me encorajou dizendo "ele já está grande", "ele já tem 11 anos", "Bruno já vem andando sozinho da casa da minha mãe", "se não deixar ele atravessar sozinho, ele não vai aprender nunca", etc. Me aproveitei do fato de que Thiago é louco por pão e não havia nenhum em casa, para dizer para ele "Quer pão? Então vá comprar!" com a maior tranquilidade, quando na verdade eu estava nervosa! Tudo isso porque eu acho essa rua muito movimentada, ainda mais na hora que ele foi, sem falar nos motoristas que não costumam respeitar os pedestres. Mas ele foi... Tentou me persuadir a ir com ele, mas eu mostrei-lhe que tinha muitos pratos pra lavar e prometi um sanduíche muito gostoso quando ele voltasse. E ele voltou são e salvo. Registrei todos os seus movimentos da minha varanda. Torcia para que ele agisse com cuidado e atenção. Vi quando ele ia atravessar, mas logo voltou. Vi quando dava para ele ter ido, mas ele não foi. Enfim, um aprendizado para nós dois! Terminei prometendo à Beto que daria tarefinhas para ele ter de atravessar a rua mais vezes, como comprar alguma coisa na padaria ou alugar um filme.

3 comentários:

Cris disse...

Ai que lindo, Thiago está virando um rapazinho... e a mae ficando uase careca de preocupacao!!! è o cilco da vida, né amiga? Normal. Converse com outras maes, você vai ver que nao é a única... beijos

Lais disse...

Kaaaari! Q saudade! Sabe como eh q eu te achei? "Dei um google em vc" e... Apareceu este blog aqui! Q bom te encontrar! E q bom q existe a internet! Sempre senti a sua falta e lamentava o fato de termos perdido o contato. Acredite se quiser! Até hoje abro o armário e vejo o presente dos seus 30 anos q nunca lhe dei... Q horror! Mas ele está aqui até hoje, guardadíssimo, esperando um novo encontro pra matar as saudades! Vou deixar os meus contatos e aguardar o seu contato pra q a gente possa se ver. Tá bom assim? E antes q eu me esqueça, Tiago tá lindo! O maior gato! Q bom ver q ele cresceu e se tornou esse homenzinho lindo! Li o texto e não pude deixar de me identificar... Afinal, agora tb sou mãe... Eh, é isso mesmo! Agora sou mãe, de um menino de 2 meses! Dê notícias, p-l-e-a-s-e!
Love you...
Beijo enorme,
your eternal friend,
Lais.

lubisco disse...

crescer, muitas vezes, dói mais nos pais....
parabéns pela vitória!