domingo, 7 de setembro de 2008

Duo Pi



Quinta-feira, recebi este e-mail de Cris, ex-colega minha de trabalho, e muito querida por mim: Hey guys! Bruno Póvoas, my brother, is playing at a very cozy and culturally interesting coffee shop this Saturday. The place is not expensive and they serve interesting food, cakes, drinks and a killer capuccino. I'd really appreciate if some of you could come. With his "My Space" page he's getting a lot of "international recognition", but he is still pretty unknown in Bahia (his music is nothing like Pagode or Axé) and this is very tough on such dedicated and competent professionals who need to make a living. If you don't come for the great capuccino or the wonderful music, please come for me. I'd really like to show him my support. Love,Cris Povoas
Algumas palavras chamaram a minha atenção neste e-mail: culturally interesting coffee shop, not expensive, a killer capuccino, his music is nothing like Pagode or Axé, and come for me.


Pensando em Cris e em dar uma saidinha para não ficar remoendo muito a saudade que sinto de Beto, convidei Manu e fomos! Mesmo porque Cris já tinha mandado mais um e-mail/convite, ou seja, era para eu ir mesmo: Oi gente! É só pra lembrar que é hoje à noite que meu irmão, Bruno, toca no Café e Cognac, lá no Rio Vermelho. Vocês podem ir só pra me prestigiar, mas tenho certeza que vocês vão gostar do som e do ambiente do Café & Cognac que é extremamente interessante. Ele vai tocar às 21:00, mas eu vou tentar chegar mais cedo e reservar umas mesas porque é um lugar um tanto pequeno. Mil beijos, Cris PO.


Como Cris disse que chegaria mais cedo, não quis me atrasar, mas eu e Manu chegamos antes dela ao Café & Cognac no Rio Vermelho. Eu só fiquei no café mesmo e mal sentei já fui pedindo o meu “killer capuccino”. Estava como DD (designated driver), Manu podia encher a cara se quisesse (hahaha), mas ela se comportou...


Cris veio acompanhada de seu filho e de sua cunhada. A noite foi bem bacana, conversas diversas e música de qualidade. Adorei quando eu ouvi o tema da Fantástica Fábrica de Chocolate e Manoela parecia que estava no programa de Sílvio Santos, porque aos primeiros acordes ela descobria logo qual era a música!


Um pouquinho sobre a nossa noite (fotos by Cris):
http://picasaweb.google.com/cristy.scorpio/2008SetembroCafECognac?authkey=9CIbaxtSbvg
Um pouquinho sobre a dupla:
Duo Pi, o encontro dos instrumentistas baianos Ubiratan Marques - pianista, e Bruno Oliveira - saxofonista; foi criado em 1997, no Tororó, Salvador - Bahia, a partir de um projeto intitulado Gantois Septenário. O traço expressivo desta idéia original concebe pontos de Candomblé da nação de Ketu como temas para livre improvisação, em outras palavras: Jazz sobre "Standards" afro Brasileiros, uma vertente única e inexplorada.Para ouvir o Pi:
http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendid=225492607

3 comentários:

Cris disse...

Ah eu acho que sei qual é esse café... fica na Fonte do Boi e é uma pousada também? É lindo. Adorei rever você (que esparadrapo era aquele no seu braco?) e Manu, mesmo que só por foto. O prato dela estava com uma cara ótima mesmo! Estou ouvido a música de Bruno e é de fato muito legal... beijos

Cristina disse...

Que bom que você gostou da noite, Kari. Eu também gostei muito! Não apenas do lugar, e da musica que eu conheço muito bem, mas por ter tido a chance de te ver e botar a conversa em dia. Sem contar com a maravilhosa oportunidade de conhecer Manu, pessoa extremamente interessante, agradável e charmosa. Espero que possamos criar outras oportunidades como essa.

Mil beijos.

AkuTyger disse...

OMG, is that Lucas in the photo? He looks like he grew about 3 feet since I last saw him. I'm in shock. Sorry I missed it....