sábado, 21 de maio de 2011

Faltam 49 dias - O corset

Casamento tem que ter corset!!! Que boa desculpa para eu realizar o meu desejo de ter um! Como o meu vestido é presente da minha amiga e estilista Ali, que ama costurar e faz disso o seu maior hobby, eu pude me dar ao luxo de ter um corset. Mas daqueles de verdade, tipo espartilho e feito sob medida =)

Aqui em Salvador eu nunca encontrei um, mas o Google me contou que, em São paulo, Madame Sher faz sob encomenda, responde prontamente às suas dúvidas, através de e-mail ou telefone, e entrega em sua casa, dentro de uma caixa linda! Parecendo coisa de antigamente.

O corset foi uma das primeiras coisas que eu pude ticar na minha to-do list, até porque, dependia apenas de mim, então quis resolver logo. Fiz os primeiros contatos através de e-mail, depois quis ligar para me certificar que existe mesmo gente do outro lado, estava tão ansiosa (pra variar) que passei a ligar direto, querendo trocar idéias quanto ao modelo.

O site tem várias opções, mas você pode criar o seu, inclusive enviar o tecido pelos correios. Já estava conhecida como "a noiva". Mas como essas trocas de idéias adiavam a minha compra, preferi escolher um dos modelos do site. Queria que ele chegasse logo! E Ali queria vê-lo antes de começar a trabalhar na saia. Imagina a minha ansiedade?

O segundo passo era tirar minhas medidas (busto, tórax, cintura e flancos) e enviar por e-mail, juntamente com a relação peso/estatura e uma breve descrição do meu físico e hábitos diários. O negócio é sério. Quase mando uma foto.

Cadê a fita métrica? Não tinha. Arranjei um cadarço, depois o estiquei em cima de uma régua. Será que vou tirar a medida certa? Será que a minha cintura é aqui mesmo? Será que devo medí-la ao acordar ou depois de uma refeição? Terminei indo pra casa de Ali, pois ela, com certeza, teria uma fita métrica e saberia me medir. O problema seria ela me medir em inches, já que é americana.

Tudo conversado, enviado e pago. Tive que driblar Beto para ele não opinar no modelo. Mas Sher opina e diz qual o mais apropriado. Daí passei a contar os dias para o corset chegar. E quando ele chegou, adivinha o que eu fiz? Claro, fui correndo experimentá-lo.

O site ensina como amarrá-lo sozinha, mas eu já tinha um pouco de experiência por causa de um corset alemão. A moça da loja (gótica, por sinal) me ensinou in Deutscher Sprache, mas consegui entender com a ajuda de Gabi. Assim que coloquei meu corset e me olhei no espelho fiquei desesperada!! Falta peito!! Anotei minhas medidas erradas? Escrevi inches ao invés de centímetros? Não devia ter comprado pela internet! E agora?

Novamente terminei indo pra casa de Ali, pois ela, com certeza, saberia o que fazer. Ali trabalhou em uma feira medieval nos Estados Unidos e usava corset como uniforme! Foi ela quem sugeriu o midbust ou overbust, aquele modelo que cobre apenas metade dos seios. Mas que seios?? Tenho seios muito pequenos. Nada aparecia. Fiquei muito frustrada e já estava imaginando como corrigir isso. Mandar o corset de volta ia ser um transtorno. Daí pensei logo no meu sutien de bojo... e até colocaria mais enchimento...

Ali também não entendia nada. "Esse tipo de corset faz justamente o contrário", ela dizia. "Ele é ótimo para quem tem pouco peito, pois comprime e levanta. Dá um ótimo efeito." Muito tempo depois, eu já colocava o corset com o sutien e Ali já havia criado uma blusinha maior para escondê-lo. Foi quando eu vesti o corset de um outro jeito e... plim! Como em um passe de mágica, ele coube certinho!

Ah... ansiedade... Tá vendo o que você faz? Na minha agonia, eu quis colocar logo e terminei vestindo o corset ao contrário! De cabeça pra baixo! A parte que era para ficar na cintura, estava em meu peito e vice-versa! Eu e Ali começamos a rir! Ela não podia ter visto o erro, porque eu já saía do banheiro pronta. Que confusão e que alívio por ter descoberto a tempo! Agora o corset e minha cabeça já estão no lugar =)

2 comentários:

CrisO disse...

hahahahahaha
Amiga, que cena, hein? Você escreve de uma forma tao gostosa que eu pude imaginar você a pobre da Ali tentando desvendar o mistério do corset que diminui peito. Fiquei com vontade de ter um também. Adorei a estória.
Beijocas

Sophia, Brunno e Tat disse...

kkkk... ótimo... Sinceramente quero comprar um mas tenho receio, pois ja amamentei e tenho medo de a compra virar uma frustração