quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Gravidez aos 36 - Gravidez e Gatos

Começo o meu post com uma pequena reflexão: por que as pessoas não gostam de gatos? 

Eu sempre quis ter um animal de estimação, mas, como todo mundo, pensava em ter um cachorrinho, o que me leva a minha segunda pergunta: por que tanta gente prefere cachorro?

Aqui no Brasil, diferentemente de muitos outros países, as pessoas simplesmente não gostam de gatos. Dizem que são asquerosos, traiçoeiros, interesseiros, que não gostam dos donos, sentem medo, sentem nojo... Eu tenho três: Letícia, Nala e Luan. 

A primeira é uma gata siamesa de olhos azuis, mas é a gata de raça mais vira-lata que conheço! Foi presente de uma aluna há 11 anos =) Nala foi presente de Dja quando a sua gatinha pariu e Luan, quando mal cabia na palma da mão, apareceu na porta da casa da mãe de Beto, que resolveu me presentear, colocando-o em uma caixinha e levando-o para o nosso apartamento. Ele estava tão acabadinho, mas depois de muito amor e carinho ficou parecendo um persa caramelo! E eu amo esses três gatinhos!

Durante todos esses anos eles continuam sendo carinhosos, inteligentes, engraçados, independentes...  Observem que não usei nenhum dos adjetivos acima =) E por falar em independência, esta é a minha primeira hipótese de por quê as pessoas não gostam de gatos. Eles são muito independentes e não precisam tanto da gente*. Quando saímos pro trabalho, nos acompanham até a porta, mas nunca "choram" como os cachorrinhos! E por isso eu acredito que as pessoas os acham esnobes, interesseiros e que não gostam dos donos. 


Eu e Beto já viajamos e deixamos os três sozinhos com água e comida para 4 dias! Os gatos tomam banho sozinhos, são muito higiênicos, não precisam ser ensinados  a usar a caixinha de areia e podem ficar sozinhos por alguns dias! É o animal de estimação ideal para apartamentos e para quem tem uma rotina puxada.


Sei que não estou sendo muito objetiva com relação ao título do meu post, pensei até em mudá-lo, mas é que é muito difícil ter gatinhos quando existe essas idéias pré concebidas de que eles fazem mal. Então imagina qual foi a reação das pessoas quando souberam que eu estava grávida?


Todo nundo associa logo o gato à toxoplasmose. O que muita gente esquece é que "existem outros hospedeiros do protozoário Toxoplasma como aves, anfíbios, peixes, répteis e outros mamíferos que podem transmitir a doença através do consumo de carne crua ou mal cozida" (Guia do Bebê). Eu, por exemplo, tenho mais medo da alface mal lavada do meu sanduíche do que Nala dormindo comigo na mesma cama! Pois é... não é apenas as carnes cruas (esqueçam os sushis!) ou mal cozidas. "A transmissão da toxoplasmose também pode ser feita através da ingestão de frutas, verduras e legumes mal lavados"  (Guia do Bebê). Meu médico me aconselhou a colocar um saco plástico nas mãos quando for fazer mercado! Porque a fruta pode ter terra e depois eu posso colocar minha mão no olho. Optei por não ficar neurótica... (e não colocar a mão no olho!)


Também poderia ter feito o exame da Toxoplasmose nos meus gatinhos, mas é praticamente impossível que eles tenham a doença, pois são gatos de apartamento que nunca saem e que só comem ração! Depois de tudo explicado, não há mesmo o que se preocupar. Ah... Mas encontraram um outro assunto contra os meus gatinhos... Eles transmitem alergia! Será mesmo? Ou será que as pessoas já nascem assim? Hoje em dia tem criança alérgica até ao leite da mãe!


Tudo bem, alergia e gatos podem até combinar, mas vocês sabiam que se a criança entra em contato com gatos desde cedo passa a produzir anticorpos que poderão evitar a asma no futuro? E isso não acontece apenas com os gatos, mas com qualquer coisa que ameace o sistema imunológico. Crianças que vão cedo para a escola, por exemplo, adoecem mais que as crianças que ficam em casa, mas, em compensação, seu organismo desenvolve um processo imunológico que depois fará com que elas reajam melhor frente a novas alergias e doenças (Revista Crescer).


Eu também fico tranquila, porque eu conheço muitas mamães que têm tantos gatos quanto eu. E todas engravidaram recentemente e têm filhos saudáveis. Eu mesma tive um gatinho grávida de Thiago. O meu cuidado agora é apresentar o novo membro da família aos três para reduzir o ciúme ao máximo =)


*há uma analogia interessante que associa o cachorro à infância e os gatos à adolescência.

Nenhum comentário: