segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Gravidez aos 36 - A Contagem

"Tá de quantos meses?" É mais difícil responder essa pergunta do que aquelas questões de física (uma pessoa viajando de automóvel, numa estrada reta e horizontal e com velocidade constante em relação ao solo, bla bla bla)! Hoje, por exemplo, eu poderia responder esta pergunta de nove formas diferentes:




  1. Faltam 161 dias para a data provável de Ícaro nascer;
  2. Estou grávida há 105 dias;
  3. Estou na 15ª semana a partir da data da fecundação;
  4. Estou na 16ª semana a partir do 1º dia da minha última menstruação (21/08/2011);
  5. Estou na 17ª semana tendo como base meu último ultrassom;
  6. Estou na 16ª semana de acordo com os e-mails que recebo do site Guia do Bebê;
  7. Estou no 4º mês lunar;
  8. Estou no 3º mês solar;
  9. Estou com 17 semanas e 1 dia de gestação pela barrinha que acabo de adicionar ao meu blog =)
Não quero fazer contagem regressiva (1), porque quero curtir cada segundo da nossa gravidez (e porque não tem nada pronto ainda!!!). As pessoas já não entendem quando eu falo em semanas, imaginem em dias (2)!

Por isso prefiro acompanhar o que acontece comigo e com Ícaro através das descrições diárias da Agenda da Gravidez e a partir da data de fecundação (3). O problema é que ninguém sabe ao certo quando ela acontece. Você pode até saber quando ovulou e quando teve relação, mas o dia exato que o espermatozóide rompeu a barreira do óvulo é muito difícil saber, porque o óvulo pode esperar pelo menos dois dias antes de ser fecundado! 

Ah! E por falar nisso, vocês sabiam que é mais fácil ter uma menina se tiverem relação uns dois dias antes da ovulação e, para ter menino, no dia que a mulher estiver ovulando (o que foi exatamente o que aconteceu com a gente)? A explicação é bem simples: o espermatozóide feminino (com o cromossomo X) é mais resistente e ele vai durar até a mulher começar a ovular, já o espermatozóide masculino (com o cromossomo Y) é mais rápido e, se a relação sexual ocorrer no dia da ovulação, ele, com certeza, será o 1º a chegar ao óvulo e o bebê será um menino =)

Mesmo sem saber ao certo a data da fecundação, a Agenda da Gravidez propõe que você comece com a data prevista para o nascimento do seu bebê (dia 266) e date cada dia de trás para frente se guiando por um calendário. Dessa forma, encontramos o dia aproximado em que o nosso bebê foi concebido e a leitura torna-se incrível, começando por "hoje, um organismo de uma única célula formou-se quando o seu óvulo, ou ovo, se uniu ao espermatozóide de seu companheiro, formando o ovo. No decorrer dos próximos meses, sua filha ou filho vai se desenvolver a partir dessa mal visível célula única, chamada zigoto. Esse começo é chamado de concepção ou fertilização". Não chega a ser poético?

Acontece que os médicos consideram a data provável do parto como o 280º dia de gravidez, pois contam o tempo a partir do 1º dia da nossa última menstruação (mesmo critério das ultrassonografias). Isso ocorre porque é muito difícil saber a data da fecundação (4). 

Existe até um cálculo para descobrir a data provável do parto (DPP). No livro "O Manual do Grávido" (Publifolha, 2003) Claúdio Csillag e Humberto Saccomandi  contam, de forma séria mas, ao mesmo tempo, bem-humorada, sobre como impressionar sua esposa calculando de cabeça a DPP: "Comece perguntando quando começou a última menstruação dela (ela provavelmente saberá responder). Lembre-se dessa data, pois é considerada, por convenção, o início oficial da gravidez. Em seguida, sem franzir a testa, some sete dias à data e depois subtraia três meses".

Vejam o exemplo do livro. Vocês acreditam que eles usaram justamente a data de Ícaro?

Se sua última menstruação começou no dia: 21 de agosto (mês 8)
Some 7 dias:                                              +7
                                                                ____
                                                                  28 de agosto --> mês 8
Subtraia 3 meses:                                                                      -3
                                                                                              _____
Data provável =                                            28 de maio   <-- mês 5

Mas, se não quiserem quebrar a cabeça, vale a pena conferir esta calculadora!

Mesmo com as datas da fecundação ou da última menstruação compreendidas e você já acompanhando, anotando e celebrando aniversários (semanários, mensários, etc) antes mesmo do bebê nascer, chega a análise computadorizada do ultrassom (5) que mostra as medidas do seu bebê (Ícaro media 16,68cm e pesava 188,12g) e, por causa delas, aumenta mais alguns dias ou semanas, porque ele está maior ou mais pesadinho! Mas é melhor confiar no cálculo do seu médico mesmo! Apenas lembrando que pode ser duas semanas ANTES ou DEPOIS da DPP!!!

E para ler mais um pouquinho, porque a minha "biblioteca gravídica" não é suficiente (são 15 livros, ainda bem que quase todos emprestados!), eu ainda invento de me inscrever no site Guia do Bebê (6) para receber, toda sexta, um e-mail com informações sobre a evolução da minha gravidez (as informações diárias da Agenda da Gravidez já não eram suficientes??).

E por falar na Agenda, além do acompanhamento diário, ela ainda registra os meses lunares (7)! Cada mês lunar equivale a exatamente 4 semanas. Assim fica bem mais fácil contar! Acontece que quando as pessoas perguntam "tá de quantos meses?", elas querem saber quantos meses solares (8)! Que são os meses pelos quais nos guiamos e que, às vezes, terminam em 30 ou 31  e nunca são 4 semanas certinhas (dezembro mesmo tem 4 semanas e 3 dias). 

E é por isso que fica tão difícil responder esta pergunta. Se quisesse ser mais correta com relação aos cálculos médicos e do nascimento, preciso continuar contando as semanas, mas ninguém gosta dessa resposta, não é, Soninha? E não adianta dividir por quatro, porque você encontra o nº de meses lunares.O jeito é eu ficar com a DPP, que é 28, e contar os meses solares mesmo, afinal, depois que nasce não é assim? Só não preciso comemorar os mensários! E, para os amigos não se perderem, coloquei uma barrinha (9) que mostra onde está a nossa gestação em semanas e um resumo do desenvolvimento de Ícaro. A partir desta semana, por exemplo, ele já pode ouvir sons =)



Nenhum comentário: